Benelli renova Leoncino 250

A Benelli Leoncino 250 chega com alterações para “atacar” 2022. As mudanças acontecem ao nível do design, que ganhou linhas mais modernas.

A nova moto da Casa de Pesaro conta com um motor monocilíndrico de quatro tempos de 250 cm³, com refrigeração por liquido e que é cumpridor das normas Euro 5.

A distribuição é feita com eixo de comando duplo no cabeçote, tem 4 válvulas por cilindro, injeção eletrónica, embraiagem húmida e caixa de 6 velocidades. A potência máxima é de 25,8 cv a 9.250 rpm.

Os faróis são em LED e totalmente renovados em relação à irmã mais velha, a Leoncino 500. A instrumentação é digital e com boa visibilidade em todas as condições climatéricas. A estética também se carateriza pelo Leão estilizado cravado no para-lama dianteiro, relembrando a história desta moto.

A suspensão é de garfo de invertido com colunas de 41 mm de diâmetro à frente, enquanto na atrás existe um braço oscilante com amortecedor central único e curso de 51 mm. O sistema de travagem é composto por um disco flutuante único de 280 mm de diâmetro à frente, com pinça de quatro pistões. Já atrás conta com um disco de 240 mm de diâmetro e uma pinça flutuante de um pistão.

As jantes são em liga de alumínio de 17 polegadas e estão equipadas com pneus 110/70-R17 e 150/60-R17, respetivamente. A Benelli Leoncino 250 já está disponível em Itália a partir de 3490 euros.

 

About author

Artigos relacionados

Notícias

Triumph Street Twin disponível em versão A2

A versão A2 das Street Twin foi concebida para os condutores que possuem uma carta de condução limitada, de modo a usufruírem plenamente do caráter clássico Bonneville com estilo despojado e divertido.

Notícias

Jetpack Aviation já comercializa moto voadora

A Jetpack Aviation propõe desde há poucos dias a primeira verdadeira moto voadora de produção em série, a Speeder.

Notícias

Marca Goes passa a MITT e tem novas cilindradas

O alargamento da gama a modelos de cilindrada superior, até aos 400 cc, sustentado pelo forte sucesso comercial no segmento das 125 cc ao longo dos últimos anos, ditou transformação da Goes em MITT.