Guido Koch mostra como fez moto de tração às duas rodas

Vale a pena ver com detalhe esta KTM 990 Adventure DT-A idealizada pelo engenheiro Guido Koch, que acredita piamente nos benefícios da tração às duas rodas em especialidades como o enduro ou os raids.

Koch utilizou uma KTM veterana, a 990 Adventure ara realizar o seu projeto, ainda que a da Adventure original apenas utilizou o basculante, o motor e os travões.

O resto é criação do próprio Koch, como a suspensão dianteira em monobraço, com um sistema parecido ao que é utilizado pela Bimota Tesi 3D, com a direção acionada por varetas.

O amortecedor segue preso do garfo dianteiro ao motor. Os amortecedores são da marca Wilbers, ajustáveis a alta e a baixa velocidade. Uma transmissão primária por correia dentada fornece força aos dois eixos e esta colocada em posição triangular, desde o eixo primário do motor aos dois eixos da transmissão secundária.

No caso da dianteira também é por correia, como na traseira, mas aqui recorre a um pinhão duplo para manter a corrente paralela ao basculante dianteiro.

O chassis foi totalmente refeito para este protótipo, ainda que siga sendo multitubular. Todo o conjunto foi feito de forma perfeita, procurando centrar a massa e oferecer um conjunto mais “clean”.

Guido Koch passou dez anos a desenvolver a sua KTM 990 Adventure DT-A e acredita que o sistema poderia chegar facilmente à produção em série.

Artigos relacionados

European Bike Week celebrou o seu 20.º aniversário

Foram 125.000 entusiastas e mais de 70.000 motos que chegaram à região da Caríntia, no sul da Áustria, na semana passada para a 20.ª European Bike Week nas margens do icónico Lago Faak.

Motocross em Fernão Joanes: Europeu e Nacional em pista

A primeira prova internacional de motocross a realizar-se em Portugal este ano vai decorrer este fim de semana no Crossódromo das Lajes, em Fernão Joanes, Guarda. Mas não só.

Escola de Trial da FMP convida jovens a serem pilotos

A Escola de Trial da Federação de Motociclismo de Portugal promove no arranque deste novo ano desportivo, e dando continuidade ao seu projecto já com duas décadas de existência, proporcionar as melhores condições para que os mais jovens possam praticar a modalidade