Miguel Oliveira está de regresso a Jerez de la Frontera

De regresso a Jerez de La Frontera para mais uma ronda do mundial MotoGP Miguel Oliveira regressa também a um dos circuitos que melhor conhece e onde já conseguiu resultados de importância maior na sua carreira.

Aos comandos da KTM RC16 com as cores oficiais o almadense regressa á Andaluzia preparado para lutar pelos lugares cimeiros em cada uma das sessões, ele que conseguiu nos dois últimos GP’s a presença directa em Q2 para discutir um lugar nas quatro primeiras linhas da grelha.

Pouco menos de um ano depois de ter aí iniciado a temporada 2020 Miguel Oliveira leva na bagagem quatro pontos conquistados nas três corridas anteriores, sendo objectivo maior para o fim-de-semana que se avizinha conquistar pontos de forma mais significativa para subir na ordem do campeonato.

NOTAS
– Miguel Oliveira competiu no circuito de Jerez Angel Nieto nos últimos dez anos. Uma segunda posição em Moto3 no ano de 2015 e Moto2 em 2018 são os seus melhores resultados.

– Em 2017 foi terceiro em Moto2 depois de qualificar no quarto posto da grelha de partida.

– Miguel Oliveira qualificou na primeira linha em 2012 e 2015, ambas as vezes nas Moto3.

– Na primeira corrida em MotoGP que aqui fez (2019) começou na 22ª posição na frente do colega Syahrin e terminou em 18º.

– No ano passado aquando do GP de Espanha começou na 15ª posição e terminou em oitavo como segundo KTM, igualando o seu melhor resultado conseguido em 2019 na Áustria.

– No GP da Andaluzia 2020 qualificou na quinta posição, a sua melhor qualificação até então (bem como a melhor qualificação de um piloto KTM em Jerez) mas sofreu uma queda na Curva 1 na volta inaugural depois de um toque de Brad Binder.

A PISTA
Pole-Position: Esquerda

Perímetro: 4.423 metros

Largura: 11 metros

Curvas: 13 (8 direitas e 5 esquerdas)

Recta mais longa: 607 metros

Construção: 1986

Modificação: 2002

Artigos relacionados

Novo capacete MX470 Subverter

Chega ao mercado mais um capacete inovador. Da coleção da LS2 muda as regras do jogo e estabelece novos níveis de proteção e conforto para o mundo do todo-o-terreno.

Mulheres vão participar no Portugal de Lés-a-Lés Off Road

A aventura é de monta e ninguém consegue resistir à tentação anual de fazer a travessia do mapa continental através dos mais recônditos e inusitados caminhos de terra no Portugal de Lés-a-Lés Off-Road.

Polisport´s mostra Bike Stand Basic

Chama-se Bike Stand Basic e é, nada mais nada menos, que uma base de sustentação para motos.