MV Agusta mostra Superveloce 800 na versão definitiva

Vimo-la pela primeira vez há um ano, durante o EICMA 2018, onde foi apresentado um protótipo da MV Agusta Superveloce 800, uma moto que mostrava a essência da MV Agusta nas corridas com um design que recordava as míticas motos do Conde Agusta.

No EICMA de 2019, a marca mostra a versão definitiva do modelo que se vai dividir em duas versões: uma será a MV Agusta Superveloce 800 e a segunda a variante Série Oro, da qual serão produzidas unicamente 300 unidades.

A base da Superveloce 800 é similar à do protótipo, mas com grandes diferenças em componentes como as jantes que são em alumínio, o escape que sai pela lateral direita tal como na Brutale ou na F3. Há ainda diferenças nas carenagens onde não há carbono e continua a ser monolugar.

No que se refere ao motor, falamos-lhe de um tricilindrico que é capaz de debitar 148 CV (153 CV na Serie Oro) às 13 000 rpm. Quanto ao binário, é de 88 Nm às 10 600 rpm.

As jantes são de 17″ e estão calçadas com uns Pirelli Diablo Rosso Corsa II 120/70 à frente e 180/55 atrás. A suspensão dianteira é da Marzocchi com barras de 43 mm de diâmetro e um curso de 125 mm que são ajustáveis em compressão e extensão e pré-carga. Atrás,o amortecedor é da Sachs.

Os travões são da Brembo, à frente com pinças monobloco de quatro pistões de 34 mm de diâmetro que mordem discos flutuante de aço de 320 mm.
A velocidade máxima e de 240 km/h para um peso de 173 kg e um depósito de 16,5 litros.

Artigos relacionados

MXGP Portugal 2018: Mundial em Águeda a 15 de abril

A Youthstream, promotora do campeonato, e o Águeda Action Club definiram os dias 14 e 15 de abril como as datas em que o campeonato estará de novo na pista bairradina.

Já conheces as novas luvas REV’IT Sand 3?

As viagens à volta do mundo ficarão ainda mais confortáveis com a nova versão das Sand 3, agora mais leves, frescas e com design melhorado, segundo avança a marca.

Michelin reforça a aposta no sistema TPMS para motos

O sistema Michelin TPMS foi concebido para prevenir a má manutenção dos pneus, a qual constitui um dos problemas mais frequentes nos veículos, e contribui para os acidentes de circulação.