Nova marca de motos Voge chega a Portugal pela Desmotron

A marca de Chongqing (a capital mundial no que respeita à produção de motos), a Loncin, dá o salto para motos mais sofisticadas nas médias e altas cilindradas, para o que criou a sua nova marca premium, a Voge.

De momento, a primeira frente de ataque da Voge no mercado português irá centrar-se em três modelos naked e desportivos nas cilindradas de 300 e 500 cc. O denominador comum entre todos eles é a qualidade da sua produção e acabamentos, para além de contar com componentes das principais marcas japonesas e europeias, como é o caso das suspensões KYB Kayaba (com forquilha invertida), conjunto de travões Nissin (duplo disco dianteiro em todos os modelos) e sistema de anti bloqueio de travagem ABS Bosch de última geração. A tudo isto há que acrescentar o recurso a mecânicas de alto rendimento, completo painel de instrumentos com ecrã digital LCD, tecnologia de iluminação LED, estética agressiva e muito atrativa e um preço contido.

Os primeiros modelos a chega a Portugal são a Voge 300R, uma moto naked que estará disponível a partir de setembro nas cores Negro ou Vermelho, por um preço de 3.895 euros. Tem quadro multitubular com braço oscilante assimétrico também de construção tubular, com a forma de “banana” no lado direito para salvaguardar a saída do seu curto e recolhido silenciador de escape.

O motor é um monocilíndrico refrigerado a água, de curso curto, com 292 cc, cabeça DOHC de 4 válvulas e caixa de 6 velocidades, registando uma potência máxima de 25,8 cv às 8.500 rpm e um binário de 23 Nm às 6.500 rpm.

O segundo modelo é a Voge 300RR que tem por base a Naked 300R. Partilha com esta o quadro e o braço oscilante multitubular, suspensões e travões, assim como o motor monocilíndrico de 25,8 cv de potência. As diferenças centram-se na utilização de uma carenagem muito envolvente, com uma aerodinâmica cúpula que inclui farol Full-LED de agressiva. A 300RR estará disponível em Portugal apenas em branco por um preço de 3995 euros.

O terceiro modelo é a Voge 500R que se converte no porta-estandarte da marca. Esta naked desportiva distingue-se por empregar um quadro perimetral com um berço simples desdobrado e interrompido, do qual o motor bicilíndrico em linha de 471 cc forma parte estrutural.

O motor é de 43,5 cv à 8.500 rpm, perto do limite do permitido para poder ser conduzido pelos detentores de carta A2 (máximo de 35 kW), e um generoso binário de 40 Nm às 7.000 rpm. Estas características convertem a 500R numa digna rival da Honda CB500. Vai estar disponível em negro ou numa versão em dois tons, Cinza/Azul, a um preço bastante acessível: 5.595 euros.

Artigos relacionados

[Fotos] Apresentação internacional das novas Suzuki GSX-R 1000 e GSX-S 750

Pela manhã, os jornalistas portugueses irão rodar pelas estradas de Sintra e Cascais com a naked, enquanto que a nova super-desportiva irá ser testada em pista durante a parte da tarde.

Zanza Motomil Racing apresenta equipa para 2017

A equipa de 2017, o resultado de um esforço conjunto entre a Zanza Racing Team e a Motomil, foi apresentada e irá participar no Campeonato Nacional de Velocidade, em SBK, com a nova BMW S1000RR 2017.

Estes são os ailerons da novas Ducati Panigale V4

Já havia sido anunciado por Paolo Ciabatti, diretor desportivo da Dcati, a aerodinâmica desenvolvida no Moto GP, em conjunto com outros avanços técnicos, passaria para as motos desportivas de estrada, ou seja, para as novas V4.