Velocidade 2020 e Oliveira Cup no Kartódromo de Évora

Velocidade 2020 e Oliveira Cup no Kartódromo de Évora

A terceira ronda do Velocidade 2020 e da Oliveira Cup foi acolhida este domingo pelo Kartódromo de Évora. O Velocidade 2020 colocou 14 jovens na pista eborense, com algumas meninas a darem também os primeiros passos.

Em ambas as corridas foi Bruno Salreta a sair com a vitória, com Tiago Balhé e Manuel Fonseca a preencherem o pódio. Já na Oliveira Cup Mini GP, onde estiveram 11 pilotos, Pedro Henrique, Marco Mateiro e Pedro Fragoso dominaram as corridas.

Classificações

Velocidade 2020 – Corrida 1

1.º Bruno Salreta com 23 voltas
2.º Tiago Balhé a 12.511s
3.º Manuel Fonseca a 38.192s
4.º Naama Rosa a 59.650s
5.º Ivan Ribeiro a 1 volta

Velocidade 2020 – Corrida 2

1.º Bruno Salreta com 23 voltas
2.º Tiago Balhé a 16.266s
3.º Manuel Fonseca a 53.702s
4.º Naama Rosa a 59.096s
5.º Lara Baleia a 1 volta

Oliveira Cup Mini GP – Corrida 1

1.º Pedro Henrique com 27 voltas
2.º Marco Mateiro a 11.999s
3.º Pedro Fragoso a 17.516s
4.º Dinis Borges a 40.019s
5.º Rafael Damásio a 1 volta

Oliveira Cup Mini GP – Corrida 2

1.º Pedro Henrique com 26 voltas
2.º Marco Mateiro a 16.214s
3.º Pedro Fragoso a 18.791s
4.º Rafael Saraiva a 35.515s
5.º Dinis Borges a 45.975s

Oliveira Cup Naked – Corrida 1

1.º Javier Gomez com 27 voltas
2.º André Pereira a 0.606s
3.º Luis Castro a 8.895s
4.º Leopoldo Segundo a 1 volta
5.º Bruno Castro a 1 volta

Oliveira Cup Naked – Corrida 2

1.º André Pereira com 26 voltas
1.º Javier Gomez a 0.200s
3.º Luis Castro a 14.412s
4.º Raul Garcia a 42.060s
5.º Leopoldo Segundo a 1 volta

Artigos relacionados

Mundial de Supersport 300 é o novo campeonato nas Superbikes em 2017

Uma nova classe vai surgir no próximo ano integrada no mundial de Superbikes.

Kawasaki Ninja H2 chega aos 231 cv

A Kawasaki mostrou a nova Ninja H2 na Intermot de 2018. Esta grande desportiva com motor turbo renova-se com mais potência e novos detalhes.

Sistema de comunicação Nolan B901: novidade para 2018

Uma das vantagens da Nolan é que, a par do desenvolvimento e fabrico dos seus capacetes, também desenvolve e produz os seus próprios sistemas de comunicação.